A longa soneca da ursa

A longa soneca da ursa

O OUTONO vem chegando no hemisfério norte — é só ‎olhar para as aves no céu migrando para o sul. Querem fugir do ‎inverno rigoroso. Há bandos de estorninhos-malhados batendo as ‎asas — que alegria! Há também grous voando em ‎formação de V — tão imponentes! Olhando para baixo, ‎lá vai a ursa-parda se arrastando com passos pesados. Ela também ‎enfrenta o problema da sobrevivência. Com a aproximação do ‎inverno, a vegetação seca e, com o frio intenso, a terra fica ‎gelada e a neve acoberta os bosques. Para quem tem asas não há ‎problema. É só voar para outras bandas. Mas e a ursa-parda?

Veja mais no link abaixo,

https://www.watchtower.org/t/20020808/article_01.htm